quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O Recém Adulto TEM sono

Estou eu aqui, diante de um notebook (que não é meu), em São Fidélis, bebendo vinho branco e fumando um Lucky Strike preto (daquele da bolinha), twittando e lendo meu facebook (hahaha oh wow) e claro, postando no blog.
Agora que sou adulto, beber vinho numa madrugada no meio da semana torna-se rotineiro. A depressão ganha outro nível de soluções. Agora, quando estou deprimido, tomo uma taça de Red Label na lareira, deprimido, no chão, ouvindo Laura Pausini no Microsystem. Antes era evanescence mesmo.

Mas, obviamente, hoje não estou deprimido. O vinho branco é só uma cortesia da casa, e o cigarro é o pseudo-vício batendo. Nada demais. O sono vem lentamente, mas com ele vem a vontade de não dormir ainda. É um dilema. Amanhã acordarei com uma leve dor de cabeça.

Algumas pessoas conversam comigo no msn, outras me ignoram. É fato que não conheço metade dos meus contatos, e agora que sou adulto tenho menos tempo para eles. Fazer o que, é a idade! (adoro usar essa frase)
Tenho esse momento para pensar nas minhas paixões. Nos meus rolos, nas situações em que me encontro. Nas metas, nos objetivos. Doidera.
Depois de umas duas taças vou para a cama. Amanhã cedo posto algo mais construtivo.
Boa noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário