quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Porque Recém Adultos Não Casam

De um lado da cidade, Marisa experimentava seu vestido de noiva pela enésima vez. Do outro lado, Guilherme fazia pegação com homens na Praça da República. Os dois eram noivos, obviamente, e casariam-se no fim de semana. Marisa estava tão deslumbrada com a "idéia" do casamento que nem ligava mais para nada, e Guilherme estava tranqüilo, pois casaria-se e viveria na penumbra alimentando seus outros desejos para o resto de sua vida.
Detalhe, ambos eram recém adultos.

Estamos em pleno século 21. Antigamente, um homem com seus vinte anos já estava noivo, mas não por vontade própria, simplesmente porque casamento era status. A sociedade era muito mais hipócrita naquela época (veja bem, muito mais, ela ainda é) e pressionava muito as mulheres para um casamento, e os homens. Claro, eles só transavam depois do casamento, ou seja, não aguentavam esperar muito. É por isso que nossos avós ainda estão juntos (mesmo que estejam mortos), não é porque se amavam, é porque TINHAM que ficar juntos.
Hoje em dia o cenário mudou. Ninguém mais quer casar. Todo mundo quer curtir. Para alguns, isso é imaturidade, mas se analisar bem, recém adultos não devem casar de jeito nenhum. Eles vão na onda dos outros, casam, fazem festas exuberantes, altas declarações de amor, e acabam se separando logo depois. Por incrível que pareça, são os gays que casam mais rápido, porque para eles é conveniente. Os heteros tendem a ficar solteiros.
(aposto a cara da esposa nova quando ela ler isso. Hahaha. Seu marido é gay, amor, sinto muito)
Toda generalização é uma piada, e você leitor inteligente, sabe disso. Enfim, prosseguindo...
Geralmente com 20 anos ninguém tem propriedade, ninguém tem carro, ninguém tem porra nenhuma. Mas, o desejo intenso de ser feliz acaba levando essa pessoa a conhecer outra pessoa.
O cara, conhece a mulher, e ambos se apaixonam loucamente. O cara tem esse desejo machista de ter algum espécime do sexo feminino limpando o chão de sua casa, e a mulher tem essa vontade de vestir de branco só para suas amigas verem e ela se sentir o máximo por uma noite. Conclusão, eles noivam. E se casam.
Claro que na igreja, durante a cerimônia, ocorrem as dúvidas, ocorrem os devaneios. Um pouco antes de entrar, a noive aparece nervosa diante do espelho, e o homem olha para todas as mulheres e pensa: "Caralho, vou mentir perante Deus hoje."
Então ele entra, e em seguida, ela entra, triunfante. Todo mundo olha, fingindo que tá adorando, doido pra aquilo acabar e comer na recepção. Os noivos se aproximam, o padre fala o seu texto de sempre, enquanto a noiva pensa algo como "Ah eu to linda, tá todo mundo me olhando com inveja, eu to tão gostosa, eu arraso de branco" e o noivo algo do tipo "QUE PORRA É ESSA!"
Claro que como ele está numa igreja, na hora do "PORRA" ele pensou mentalmente um "píííííííí"
Então, ambos dizem sim.
Ambos se beijam.
Todo mundo comemora. (COMEEER! \O/)
E é isso. Eles vão se autodestruindo e permanecem juntos pela hipocrisia do casamento.
Ou não, o divórcio é muito comum.
Bah, de qualquer forma, só case se você for rico.
Ou se a pessoa for rica. HAHAHA.
Fui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário